Corrente humana em Rabat contra a violência sobre as mulheres

    Centenas de pessoas reuniram-se este fim de semana em Rabat para formar uma corrente humana para denunciar todas as formas de violência contra as mulheres. "Estamos aqui para denunciar o assédio físico, verbal e mental contra as mulheres", disseram vários activistas da coligação de 22 associações "dignidade da Primavera", de defesa dos direitos das mulheres